Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

Vale a pena discutir?

 

Nesta era em que podemos dar a nossa opinião quando quisermos e fazemo-la partilhável por um grupo de pessoas há que saber que guerras evitar.

 

Muitas vezes dou por mim a fazer scroll down no meu facebook e a deparar-me com publicações sobre temas da actualidade que mais não são do que opiniões de meros mortais como eu.

 

Muitas vezes leio o post, identifico-me, sei que vai causar uma guerra épica no pequeno mundo das pessoas que decidir participar nela mas que resumidamente é falar para aquecer.

 

Ou pior, é perder energia.

 

Muitas vezes dou por mim a ler publicações que de facto são bem construidas, as pessoas até são imparciais na forma como expressam a opinião e que até poderia servir como base para reflexão sobre temas importantes como o feminismo, ou o aquecimento global....

 

No entanto, esta conversa de que podemos todos mudar o mundo é só a cenoura para o burro andar!

E nós não somos a cenoura...

 

Que me adianta ficar indignada com o plástico no mar?

Que me adianta ser vegetariana e depois 90% do que compro gerar lixo plástico?

Que me adianta reciclar?

 

E as empresas?

Porque se produz plástico?

 

Cansa-me esta responsabilidade que não pedi para ter de salvar o mundo da destruição do plástico e das ondas de calor que derretem os calotes polar...

 

Cansa-me ter de ter um sonho e lutar para o conseguir porque toda a gente partilha vídeos motivacionais!

Sei lá eu qual é o meu sonho...

Tenho dias que nem o meu nome sei!

 

Mas acham que fomos feitos para trabalhar?

Mas querem-me dizer que se fossem milionários continuariam a trabalhar é isso?

A perseguir o sonho e a ver videos do Tom Robbins ou, numa versão mais nacional, o Mario Caetano?

 

Querem convencer-me a mim a agradecer aos deuses por ter um coach espiritual ou outra categoria qualquer?

 

Mas de onde é que eles vieram todos?

 

Onde se produzem os coachs que de repente agora há mais coachs que ervas daninhas?

 

Vieram todos do mesmo sitio.

Do mesmo que eu.

Ajudam-me como?

 

Tirando-me dinheiro da carteira que não vou gastar em droga?

Só se for isso caso.

 

Obrigado, não quero gastar 80€ por sessão.

Se fosse uma sessão com Deus até ponderava agora um comum mortal, meh.

 

E isto para não falarmos do racismo...

Vou trabalhar masé que a vida é dura para quem é mole.

Seja lá isso o que for.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Podenga 27.02.2019 09:55

    Verdade estou descrente.
    Mas não é bem no coach A ou B é mesmo no conceito em si.
    Bem sei que não posso comparar a sabedoria de alguém que estudou com, por exemplo, um amigo.
    Mas um amigo, sabendo ele mais de mim e estando disponivel para me ajudar...não fará melhor?
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.