Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

01
Mar18

Traição

Já alguma vez sentiste uma dor tão forte no peito

que mais te apetecia cortá-lo ao meio, do que senti-la?

Já alguma vez sentiste um murro no estômago de ver o que não querias

e ao mesmo tempo sabias, que querias ver outra vez?

Já te apeteceu chorar e vomitar ao mesmo tempo

e o teu corpo, vitima do tormento, nem saber o que fazer?

Já te apeteceu dizer tantas coisas a alguém, mas saberes que não podias

porque essa pessoa nem sequer merecia ouvi-las?

Já alguma vez sentiste vontade de morrer e ao mesmo tempo matar?

É o que o ódio e o amor geram ao chocar.

2 comentários

Comentar post