Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

Agressor

Se me arrancares o coração vais ver que não tem vestígios de ti com sangue, suor e lágrimas digeri tudo o que houve entre nós com recurso a alguma criatividade dei prioridade à amizade irmão (...)

O dia depois do não

Queres ficar sem falar Rir, amuar Aquilo que tu sabes usar Para me fazer enlouquecer Mas ouve meu menino Desta vez não me redimo Não fiz nada para merecer   Passam dias e dias Sempre a seguir (...)

Abre os olhos

Abre os olhos Sei que são inglórios Os investimentos em alguém Que não olha a quem Esteja do lado de lá   Abre os olhos E enxerga Que aquilo que não verga Rapidamente irá partir   Abre (...)