Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

Dinheiro (poema)

Por dinheiro vencemos Por dinheiro cedemos Contra pompa e circunstancia Ridicularizamos Quem for preciso.   Com dinheiro somos Com dinheiro compramos Qualquer ética e moral O amor passa a (...)

Eu sou

Eu sou um turbilhão de coisas Por isso eu sou tudo e eu sou nada Por isso não me definem com uma só palavra Mesmo quem tentou desistiu   Eu sou as pessoas que conheci Os sorrisos que dividi

Seja o que for

Seja o que for Eu espero Sou sincero Não tenho pressa, apenas vontade   Seja o que for A que horas chegar Se tiver de ir buscar Irei sem problema   Seja o que for Com cheque, cartão ou dinheiro