Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

20
Fev18

Sei eu (poema)

Podenga
Puxei-te para dançar e resististe Tinhas-me visto nos braços alheios e não gostaste e assim me castigaste por não me saber comportar.   Mas quando a noite acabar vais ser meu da mesma forma (...)
09
Jun17

O dia depois do não

Podenga
Queres ficar sem falarRir, amuarAquilo que tu sabes usarPara me fazer enlouquecerMas ouve meu meninoDesta vez não me redimoNão fiz nada para merecer Passam dias e diasSempre a seguir orgiasDe (...)
09
Mai17

Não venhas

Podenga
Não quero ter de esperarSe isso não vai sararA ferida que já abriPor há tanto esperar por ti Já decidiNão é discutívelTampouco aprazívelPara quem sente NãoNão quero saber quando éS (...)