Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

Ego coleccionador

Tenho um ego que colecciona Corações famintos de atenção Na esperança de preencher um vazio Que vejo de fio a pavio Ao percorrer a ilusão De que se continuar a fazê-lo Não tenha de (...)

Vicio de ti

Este vicio de ti Que mói mas não mata Que quer fazer mas não passa À acção Por saber que não pode Perder o orgulho ferido De quem foi ignorado e banido Da vida de alguém que amou.   E (...)

Amor Crioulo

E aí vem o cheiro a terra molhada Vem a chuva Que não molha nem faz nada E eu Deixo-me cair nos teus braços São escassos Os momentos que temos só nós   Tocamo-nos ambos a tremer Num misto (...)

Caçada de mestre

Não me venhas com essa fala mansa De quem encena a dança Do acasalamento Eu tento Fingir que não percebo Mas sei que a tua intenção é essa Que rica peça Me saíste! Tu que parecias  Triste