Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

Vicios

são noites mulatas manhãs madrastas que esperam por mim são copos e cartões linhas e pilões que me deixam assim feliz ao acaso e quando quiser  procuro um homem, quiçá uma mulher

Vicio de ti

Este vicio de ti Que mói mas não mata Que quer fazer mas não passa À acção Por saber que não pode Perder o orgulho ferido De quem foi ignorado e banido Da vida de alguém que amou.   E (...)