Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

30
Out17

Não me beijes (poema)

Podenga
Não me beijesNem nunca mais me toquesSem antes te certificaresQue o meu corpo é suficiente. Não me beijesNem nunca mais me falesSem antes te certificaresQue teremos assunto mesmo em silêncio. 
19
Abr17

Amor Crioulo

Podenga
E aí vem o cheiro a terra molhadaVem a chuvaQue não molha nem faz nadaE euDeixo-me cair nos teus braçosSão escassosOs momentos que temos só nós Tocamo-nos ambos a tremerNum misto de frio (...)
13
Abr17

Beija-me rápido

Podenga
Beija-me rápidoÉ o mais práticoPara quem tem desejo mas não podeExpressar aquilo que senteCom medo do que a gentePossa dizer Beija-me rápidoDaqueles que só tu sabes darDaqueles que não (...)