Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

Hipnotizada por ele (poema)

Não penses que sou burra

Por te responder sorrindo

Às perguntas que me fazes sobre o mundo

É que mergulhei fundo

No teu olhar, e lá fiquei.

 

Não penses que não sinto da mesma maneira

As fervorosas ideias que defendes

Estou apenas perdida

A apreciar os teus lábios a mexer.

 

Não penses que não me vou preocupar

Com as coisas que te passam à frente 

Mas neste momento estou mais presente

Na cana do teu nariz

Que entorta quando sorris

E me faz sorrir também.

 

Não julgues que não tenho nada a acrescentar

Às frases que esperaste que terminasse

Mas parece que levaste

Contigo a minha capacidade de pensar

A partir do momento em que pude apreciar

Mais de perto a tua beleza.

 

Podenga

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.