Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

18
Set17

Empregadas domésticas

O mundo das empregadas domésticas é uma coisa que me fascina.

 

Eu não tenho nenhuma, mas acho que se tivesse iria fazer uma serie de entrevistas para ter a certeza que não me calhava alguém que fosse expor todos aqueles segredos ocultos ou hábitos estranhos que tenho.

 

Se pensarmos bem, uma empregada doméstica mexe em locais que ninguém mais esta autorizado a mexer.

À primeira abordagem, é óbvio que lhe podemos dizer para nunca abrir a primeira gaveta da mesa de cabeceira ou nunca abrir as caixas guardadas na parte de cima do guarda-fatos, mas a realidade é que se ela quiser, enquanto está sozinha em casa pode ver e rever o que quiser.

 

Já para não mencionar o facto de se aperceber quando o marido dorme no sofá, ou simplesmente dormem em quartos separados, ou aperceber-se de umas meias que não são lá de casa etc etc...

 

No fundo são quase estranhos a quem nós permitimos que averiguam a nossa intimidade em troca de nos "manterem" a casa limpa.

No fundo, elas próprias por vezes sabem mais do que os amigos que frequentam a casa.

 

Isto não é fantástico e assustador ao mesmo tempo?

 

Eu tive uma tia que era empregada domestica de um casal com bastantes posses.

À primeira vista um o casal e os dois filhos parecem pessoas completamente normais e simpáticas.

Até lhe pagavam bem acima da média.

 

Mas quando a minha tia me começou a contar coisas que eles faziam como....deitar dinheiro fora.

Deitam raspadinhas com prémios fora!

Deitam roupa com etiqueta fora!

Deitam fora presentes do Natal - deram à minha tia garrafas de vinho oferecidas por amigos no valor de 50€!!

Dormem em camas separadas.

A mulher recusa-se a tocar na roupa interior do marido porque diz ter nojo dele.

A filha que vê reality shows da TVI em segredo dos pais.

O filho que não muda de boxers ha 1 mês.

 

Quer dizer....isto é tudo um bocado intimo.

Quem vê de fora aquele casal que tem uma empresa própria e que dá emprego a muitas gente nem imagina que é o mesmo que deita fora bolos que os empregados lhes oferecem no Natal. Directos para o lixo.

SIM!!!

São os mesmos que mandam 40€ em moedas para o lixo.

 

Quer dizer...a única pessoa que conhece bem a realidade daquela família é a minha tia.

Que obviamente não divulga estas informações a qualquer um.

 

Coitada de ter de carregar tamanho Karma consigo certo?

Que nada!

Há o mundo secreto das empregadas domésticas.

Vão todas às compras à mesma hora e aproveitam para beber um cafézinho e desabafar sobre as maluquices dos patrões.

Desabafam umas com as outras sobre coisas que não entendem naquela gente endinheirada.

São quase como um clube secreto que mal sabe a informação poderosa que ali tem em mãos.

Contudo e infelizmente também sabem que o emprego que têm é muito mais importante do que alimentar qualquer fofoca.

E são leais umas às outras, porque todas têm algo que já contaram e não deviam.

 

As empregadas domésticas fazem muito mais do limpar casas e cozinhar.

Elas fazem um verdadeira serviço social.

2 comentários

Comentar post