Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

Clinica de reabilitação não é brincadeira!

Tenho andado algo hostil desde que o meu amigo foi para a clínica de reabilitação.

 

A reacção que as pessoas têm tido à volta do acontecimento dá-me nojo!

 

É essa a palavra sim! Nojo!

 

Cambada de abutres que se alimentam dos problemas dos outros.....qual velório em vida qual quê!

 

Acreditam que agora toda a gente quer ir "visitá-lo" ou "enviar-lhe uma carta" ou sei lá??

 

Daqui a nada mandam-lhe um avião tipo Casa dos Segredos queres ver?

 

E depois já deixaram de comentar seja o que for comigo porque eu enervo-me e começo a falar de forma bruta.

 

Sinceramente já não tenho muito jogo de cintura para criançada com a mania que brincar às drogas.

 

Acho que já todos deviamos ter percebido que é hora de arrumar os brinquedos e ir para casa! Que a brincadeira já acabou e já ultrapassou os limites!

 

Ir para uma clínica de reabilitação é uma coisa muito séria!

 

Envolve muito sofrimento, para muita gente!

 

Principalmente para ele e para a família dele!

 

Foram muitas as pessoas impactadas e num espaço de tempo que pode ser....para SEMPRE!

 

Nunca, mas digo isto sem ter duvidas mesmo não tendo passado por isso.....NUNCA AQUELA FAMÍLIA VAI ESQUECER ISTO!

 

Desde sempre o alertei para os excessos, praticamente todas as semanas nos chateávamos porque ele não queria parar...

 

Eu saia da casa dele ao domingo e ele ficava a cheirar até sei lá quantos dias sem dormir!

 

Vezes que adormeceu ao volante...

Fui com ele à seguradora....Até à policia o fui buscar!

 

E ia novamente porque se era para a parodia também era para o resto!

 

E onde estavam esses abutres nestas horas?

 

Esses amigos "de infância", espetadores de plateia?

 

Estavam ao lado dos telefones para quando ele lhes ligasse para ganharam borlas.

 

Eram eles o recurso (pago) dele para quando já não tinha quem realmente apreciava estar com ele....

 

Quando não queria ter um "Fim".

 

Vêm agora falar-a de quem ele é?

 

De que o conhecem bem porque o conhecem há 7, 8, 9 ANOS?

Como se o tempo importasse...

 

De que vale os anos quando ele quase se ia matando e não lhe atenderam o telemóvel?

De que valem os anos se preferem cheirar do que fazê-lo parar mesmo sabendo que ia contrair dividas ou talvez vender coisas de família?

 

Continuam e continuarão a fazer a mesma coisa.

A fazer tudo em prol deles próprios.

 

O Rodrigo não precisa de saber que tem amigos.

 

Não precisa de saber que estão pessoas à espera dele cá fora.

Ele já o sabe.

Eu disse-lhe isso.

Fui eu a ultima pessoa com quem ele quis falar ao telefone antes da admissão.

 

Ele agora precisa de se concentrar nele, no caminho dele.

E depois talvez, sim...

Aos poucos e poucos ir introduzindo pessoas na sua vida.

 

Mas para já, e por isso é que é um internamento, não precisa de ter razões ou lembranças da vida cá de fora que o façam querer pisgar-se de lá o mais rápido possivel.

Tem de se concentrar e afastar de tudo e de todos.

Menos do meu pensamento.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Podenga 12.02.2019 09:57

    Isto foi o melhor que lhe aconteceu a ele e a mim.
    Que alivio e que angustia ao mesmo tempo.
    Vai correr bem
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.