Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

Espero de ti (poema)

Espero de ti mais do que dos outros Porque eles souberam a pouco E tu ainda tens sabor.   Espero de ti aquilo que tens e o que imagino Faço da expectativa um filho Que vai crescendo dia-a-dia (...)

O dia depois do não

Queres ficar sem falar Rir, amuar Aquilo que tu sabes usar Para me fazer enlouquecer Mas ouve meu menino Desta vez não me redimo Não fiz nada para merecer   Passam dias e dias Sempre a seguir (...)

Cansei-me de tudo

Cansei-me Estou cansada de tudo Daqueles dias que expludo Só de ouvir alguém respirar Não dá para controlar São muitas frustrações A competir por um lugar Dentro de mim Estou mal assim Ma (...)

Não venhas

Não quero ter de esperar Se isso não vai sarar A ferida que já abri Por há tanto esperar por ti  Já decidi Não é discutível Tampouco aprazível Para quem sente   Não Não quero (...)

Abre os olhos

Abre os olhos Sei que são inglórios Os investimentos em alguém Que não olha a quem Esteja do lado de lá   Abre os olhos E enxerga Que aquilo que não verga Rapidamente irá partir   Abre (...)

Seja o que for

Seja o que for Eu espero Sou sincero Não tenho pressa, apenas vontade   Seja o que for A que horas chegar Se tiver de ir buscar Irei sem problema   Seja o que for Com cheque, cartão ou dinheiro (...)

Minha amada

Passeando no caminho perdido Sentei-me debaixo de um abrigo A imaginar como era Nem reparei distraído Que ainda lá permanecia O limoeiro erguido que sempre nos acolhera Lembrei-me de como (...)

Beija-me rápido

Beija-me rápido É o mais prático Para quem tem desejo mas não pode Expressar aquilo que sente Com medo do que a gente Possa dizer   Beija-me rápido Daqueles que só tu sabes dar Daqueles (...)