Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

Agressor

Se me arrancares o coração vais ver que não tem vestígios de ti com sangue, suor e lágrimas digeri tudo o que houve entre nós com recurso a alguma criatividade dei prioridade à amizade irmão (...)

Quando te vi

Quando te vi  pensei para mim  que eras gay de certeza mas assim que sentámos hesitei com a forma que me olhaste tirei a ideia da cabeça.   Quando te vi corri para não te fazer esperar (...)

O fim (poema)

  não me peçam para ser menos do que vejo no fundo desejo nem ver nem saber mas que posso eu fazer se cabem em mim todos os problemas do mundo?   no fundo não posso desejar ser menos que (...)