Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

05
Jun17

Se não cabe em ti, escreva!

"Se não cabe em ti, escreva"

Pousou o lápis sobre a mesa e disse

Como que revoltada com o meu silêncio

 

"Se não cabe em ti, vomita"

Disse-me aflita

Por já não saber o que dizer

 

"Se não cabe em ti, não era para caber"

Digo-lhe eu ao vê-la sofrer

Vamos todos morrer

Não te preocupes tanto

Que aquilo que tem mais encanto

Não dá esse trabalho todo

Acontece de repente e sem aviso

Por simples e leve improviso

Não precisa de ser um jogo

 

"Se não cabe em ti, faz por caber"

Se é isso que queres fazer

Mas não reclames mais vez nenhuma

Que nessa cabeça já não se arruma

Nem uma agulha no palheiro

Tiveste o tempo inteiro

E mesmo assim não soubeste viver

 

By: Podenga