Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

14
Set16

Não saber esperar é doloroso

"Depois.....logo vemos"

"Depois....temos de combinar alguma coisa"

"Depois....damos um jeito"

"Depois....reservamos isso"

 

Padeço de um mal que pensava que já tinha desaparecido e que me tortura solenemente.

 

O mal de não saber esperar. Lidar muito mal com a espera, a incerteza, o logo se vê.

Mas não é com tudo...só com aqueles casos em que sei que são coisas que posso controlar e não estou a controlar.

 

Óbvio que se for ao supermercado e esperar mais do que o normal, posso sempre tentar reclamar e bufar (já o fiz antes), mas hoje em dia respiro fundo e sorrio e percebo que efectivamente esta é a opção que pior me faz a mim.

 

Estou a falar de situações em que a incerteza vai prender-me ou deixar-me limitada na escolha.

 

Combinar alguma coisa com os amigos por exemplo.

 

Mais especificamente:  Viagens.

 

Adoro viajar, mas para mim se se decide ir viajar não há porque esperar até à ultima da hora para comprar a viagem ou reservar o hotel.

Não EXISTE nenhuma vantagem (que eu conheça) em fazer isso....

Principalmente quando se está por exemplo a reservar para épocas altas como verão ou passagem do ano.

 

Mas há pessoas que não pensam como eu e normalmente só consigo travelmates desse género.

 

Por isso é que tem existido ao longo dos anos uma rotatividade do posto algo elevada.

 

São tipicamente pessoas que não têm uma visão custo/beneficio das coisas, não gostam de planos a longo prazo e pensam sempre que ninguém vai fazer a mesma coisa que eles e portanto existirá sempre um lugar a sobrar.

 

Ora, não é assim que lido com isso.

Epa se ambos decidimos ir viajar e ambos têm dinheiro disponível na conta, se calhar....digo eu...convém garantir viagem e hotel.

 

Mas não, "não venhas tu a stressar já com temos de fazer isto e aquilo porque faltam 3 meses para Dezembro e temos mais que tempo suficiente para reservar a passagem do ano....".

 

Vou-me calar até amanhã que foi o dia combinado para comprarmos a dita viagem.

 

Se não me disser nada amanhã, vou por a boca no trombone e deitar tudo cá para fora.

 

Não consigo mais fingir que estou pacificamente a esperar que os bilhetes do avião encareçam e que todos os alojamentos bons e baratos se esgotem!!!!!!

 

E é isto.