Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Podenga Portuguesa

Mulher dramática, pensativa, inquieta, feliz e infeliz. Que carrega o peso do mundo nas costas. Que é filha da mãe natureza. Acredita no amor, na empatia, na verdade, na hipótese.

A Podenga Portuguesa

26
Abr17

Actos intermináveis

Adoro calmamente que me ligues

Odeio ansiosamente que me ignores

Como se as minhas unhas fossem pevides

Devoro-as até que melhores

Essas tuas façanhas de ilusionista

Que anseia pelo estrelato de outros olhos

Já não aguento da minha vista

Retira-te dessa vida da artista

Vem contracenar nos meus sonhos

Aí podes ser quem tu quiseres

E mesmo não encenando consegues

A fama que até hoje persegues

Ainda que só de mim

Serei tua sem fim

E assim

Seremos ambos completos

Dois artistas irrequietos

Com actos intermináveis

Com horas de acção impagáveis

Daquelas que duram para sempre

Na memoria de quem as sente

Infindáveis.

 

By:Podenga